Sistema renina angiotensina aldosterona - SRAA

1.2.CONTROLE DE LONGO PRAZO DA PRESSÃO ARTERIAL

Os mecanismos de longo prazo são aqueles que usam os hormônios como mediador do processo de controle da pressão arterial, daí ser chamado também de controle hormonal, diferentemente do de curto prazo que é um mecanismo neural. Temos três grandes exemplos desse tipo que são representados pelos seguintes sistemas:a) Sistema Renina angiotensina aldosterona (S.R.A.A.)O sistema renina angiotensina aldosterona é um dos principais mecanismos de controle da pressão arterial sistêmica. O esquema acima mostra os eventos que acontecem durante esse controle de pressão. Esse controle fisiológico acontece quando a quantidade de pressão que chega ao sistema renal diminui devido à baixa pressão arterial sistêmica. As células renais captam essa mudança e passam a secretar uma enzima chamada renina que age sobre uma proteína plasmática chamada angiotensinogênio que foi produzida pelo fígado e está inativa no plasma. Por ação da renina, o angiotensinogênio é convertido em angiotensina I que ainda não apresenta capacidade de fazer o controle da pressão arterial sistêmica. Essa angiotensina I ao passar pelos pulmões por ação de outra enzima chamada de E.C.A. ou enzima conversora de angiotensina a transforma em angiotensina II que agora terá capacidade de trazer a pressão arterial para seus níveis normais através do mecanismo de vasoconstrição. Por outro lado, essa angiotensina II atua sobre as glândulas adrenais, mais especificamente sobre o córtex da glândula fazendo com ela comece a secretar aldosterona que tem capacidade de reabsorver sódio e por consequência água, aumentando a volemia e consequentemente a pressão arterial.


Matrículas abertas até 22/11
Não fique de fora!